Mantras

Postado em maio 2, 2021 - Blog
Mantras

Mantras são sons muito poderosos, geralmente em sânscrito – a língua lendária dos deuses.
Esses sons são chamados de sílabas sementes sagradas ou “Bijas”.
Segundo o sistema védico, toda a criação provém do SOM. Pois o som é a qualidade sensitiva pertencente ao elemento Éter – origem de
todos os outros elementos. Todas as desarmonias do corpo e da mente surgem de algum desequilíbrio dos cinco elementos.
E, assim, os sons adequados podem ser usados para harmonizá-los.
Todo o funcionamento do Universo é oriundo de vibrações harmônicas baseadas no som. O Universo nele mesmo é música.
Por isso, o som é energia criativa e de cura mais primária e original.
A mente pode ser vista como um órgão do sexto sentido ou do sexto elemento – mente-espaço ou mente-éter.
A sua qualidade sensorial é o aspecto mental do som. Deste modo, os sons terapêuticos podem equilibrar a mente.
Eles podem ajudar a transformar a estrutura da mente e elevá-la a um nível mais harmonioso.
Na Psicologia Yoguica, os mantras são usados para corrigir os desequilíbrios psicológicos e psiquícos. Estas perturbações são consideradas como
um desequilíbrio da energia da mente e um mantra de energia oposta pode ser empregue para neutralizá-lo.
Mantrar ajuda a equilibrar Prana, Tejas e Ojas e a forma sutil de Vata, Pitta e Kapha.
Os mantras harmonizam o tecido nervoso (Majja Dhatu) e limpam as impurezas dos nervos e dos canais sutis (Nadis).
Promovem a concentração e o pensamento criativo. Funcionam como asanas (posturas) para a mente. Os mantras são a parte mais importante
da terapia espiritual e mental em Ayurveda. Através deles a força vital cósmica pode penetrar em todos os métodos de cura.

Que tal inserir os mantras na sua rotina diária de cura e autocuidado?